O que é a ciberguerra?

O ciberespaço tornou-se noutra dimensão importante da guerra, na qual os países podem travar conflitos sem os combates tradicionais com tropas e máquinas. Isto permite que os países com presença militar mínima sejam tão fortes como outros países no ciberespaço. A ciberguerra é um conflito baseado na Internet que envolve a penetração nos sistemas informáticos e nas redes de outros países. Estes atacantes têm os recursos e os conhecimentos para iniciarem ataques maciços baseados na Internet contra outros países para provocarem danos ou perturbarem serviços como, por exemplo, desativarem uma rede elétrica.

Um exemplo de um ataque patrocinado pelo estado envolveu o software maligno Stuxnet que foi concebido para danificar a central de enriquecimento nuclear do Irão. O software maligno Stuxnet não pirateou computadores específicos para roubar informações. Foi concebido para danificar equipamento físico que era controlado por computadores. Recorreu a codificação modular que foi programada para realizar uma tarefa específica dentro do software maligno. Utilizou certificados digitais roubados de modo a que o ataque parecesse legítimo para o sistema. Clique em Play (Reproduzir) para ver um vídeo sobre o Stuxnet.