Traceroute

Desenvolvido como uma variação do comando traceroute, o comando traceroute estendido permite que o administrador regule os parâmetros relacionados à operação do comando. Esse recurso é útil ao solucionar problemas de loops de roteamento, identificar o roteador de próximo salto exato ou ajudar a determinar onde os pacotes estão sendo descartados por um roteador ou negados por um firewall. Embora o comando ping estendido possa ser usado para identificar o tipo de problema de conectividade, o comando traceroute estendido é útil para localizar o problema.

Uma mensagem de erro “tempo excedido” de ICMP indica que um roteador no caminho viu e descartou o pacote. Uma mensagem de erro “destino inalcançável” de ICMP indica que um roteador recebeu o pacote, mas o descartou porque não conseguiu encaminhá-lo. Como o ping, o traceroute usa solicitações e respostas de eco ICMP. Se o temporizador de ICMP expirar antes da resposta de eco ICMP, a saída do comando traceroute exibirá um asterisco (*).

No IOS, o comando traceroute estendido é encerrado quando uma das ações a seguir ocorrem:

  • O destino responde com uma resposta de eco ICMP
  • O usuário interrompe o rastreamento com o conjunto de teclas de interrupção

Nota: no IOS, você pode invocar o conjunto de teclas de interrupção pressionando Ctrl+Shift+6. No Windows, o conjunto de teclas de interrupção é invocada com Ctrl+C.

Para usar o traceroute estendido, basta digitar traceroute, sem parênteses, e pressionar ENTER. O IOS orientará você pelas opções de comando apresentando diversos prompts relacionados à configuração de todos os parâmetros diferentes. A Tabela 1 mostra as opções de traceroute estendido do IOS e suas respectivas descrições.

Tabela 1: Opções de traceroute estendido do IOS

Opção Descrição
Protocolo [ip]: Prompts de um protocolo compatível. O padrão é IPv4.
Target IP address: Você precisa inserir um nome do host ou um endereço IPv4 destino. Não existe um valor como padrão.
Endereço origem: A interface ou o endereço IPv4 de um roteador para usar como um endereço de origem para sondagens. O roteador normalmente usa o endereço IPv4 da interface de saída.
Numeric display [n]: O padrão é ter a exibição simbólica e a numérica. No entanto, você pode ocultar a exibição simbólica.
Timeout in seconds [3]: O tempo em segundos para aguardar por uma resposta ao pacote de sondagem. O valor padrão é 3 segundos.
Probe count [3]: O número de sondagens que serão enviadas a cada nível de TTL. A contagem padrão é 3.
Minimum Time to Live [1]: O valor de TTL para as primeiras sondagens. O padrão é 1, mas ele pode ser definido para um valor superior a fim de ocultar a exibição de sondagens conhecidas.
Maximum Time to Live [30]: O maior valor de TTL que pode ser usado. O padrão é 30. O comando traceroute é encerrado quando o destino ou esse valor é alcançado.
Port Number [33434]: A porta de destino é usada pelas mensagens de sondagem de UDP. O padrão é 33434.
Loose, Strict, Record, Timestamp, Verbose [none]: Opções de cabeçalho de IP. Você pode especificar qualquer combinação. O comando traceroute emite alertas para os campos necessários. Observe que o comando traceroutecolocará as opções solicitadas em cada sondagem. No entanto, não há garantia de que todos os roteadores (ou nós finais) processarão as opções.

Embora o comando tracert do Windows permita a entrada de diversos parâmetros, ele não é orientado e precisa ser realizado por meio de opções na linha de comando. O exemplo 1 mostra as opções disponíveis de tracert no Windows.

Exemplo 1: Opções disponíveis de tracert no Windows.

C:\> tracert

Usage: tracert [-d] [-h maximum_hops] [-j host-list] [-w timeout]

[-R] [-S srcaddr] [-4] [-6] target_name

Opções:

-d                 Do not resolve addresses to hostnames.

-h maximum_hops    Maximum number of hops to search for target.

-j host-list       Loose source route along host-list (IPv4-only).

-w timeout         Wait timeout milliseconds for each reply.

-R                 Trace round-trip path (IPv6-only).

-S srcaddr         Source address to use (IPv6-only).

-4                 Force using IPv4.

-6                 Force using IPv6.